Ir para conteúdo principal Ir para o bloco de navegação

Região do ABC recebe seu próprio centro de conciliação trabalhista

Moradores do ABC agora contam com um local mais próximo para solucionarem seus conflitos trabalhistas. O Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (Cejusc) do ABC passou a funcionar, a partir dessa terça-feira (24), no Fórum do Trabalho de Santo André. Até então, as atividades do Cejusc-ABC eram realizadas no Fórum Trabalhista da Zona Sul, em São Paulo.

20180724 Cejusc abc destaque interno
Da esq. para a dir.: Juíza Sandra; juíza Dulce; juíza Adriana Maria Battistelli Varellis, auxiliar da vice-presidência administrativa; Fábio Picarelli, representante da seccional de São Paulo da OAB; e Roberto Pereira Gonçalves, presidente da subseção de Santo André da OAB.

Compareceram à cerimônia de inauguração do novo espaço magistrados e servidores do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2), advogados, representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), integrantes de sindicatos e membros de empresas locais.

A juíza Dulce Maria Soler Gomes Rijo, diretora em exercício do Fórum de Santo André, destacou que a transferência do Cejusc-ABC para a cidade representa a concretização da cultura conciliatória na região do ABC. “Objetiva-se, com isso, a busca pela rápida e eficiente solução dos conflitos no âmbito desta Justiça do Trabalho, considerando que a conciliação é uma das ferramentas mais utilizadas para pacificar socialmente na atualidade”, explicou a magistrada.

A supervisora dos Cejuscs do ABC e da Zona Sul, juíza Sandra Sayuri Ikeda, aproveitou a ocasião para lembrar que, mesmo com todas as restrições orçamentárias impostas à Justiça do Trabalho, a administração do TRT-2 tem conseguido concretizar as recomendações de ampliação dos Cejuscs, como prevê a Resolução nº 174/2016, do CSJT.

Segundo a magistrada, “o que inicialmente era um projeto de Cejusc itinerante, hoje, com o incentivo da administração, transformou-se logo em um projeto de trazer definitivamente todas as conciliações do ABC para o coração de Santo André, contando a atuação da equipe do Cejusc-Sul, ainda que de forma provisória”.

Em seu discurso, a juíza Sandra fez questão de destacar que a conciliação é um trabalho conjunto de magistrados, advogados e servidores, e agradeceu a todos pela cooperação e pelo empenho. Sobre o futuro, ela prevê que muitos obstáculos ainda estão por vir, e conclui: “vamos prosseguir na tentativa de melhorar ainda mais, passo por passo. E vamos começar já”.

camera icon 1
Clique acima para ver o álbum de fotos do evento.

Sobre o Cejusc ABC

Nessa terça (24), após a cerimônia de inauguração, os trabalhos já começaram nas novas instalações. As primeiras sessões envolveram homologação de transação extrajudicial, ações judiciais que tramitam no 1ª grau, no 2º grau e no TST, bem como processos de empresas que costumam atuar em prol da valorização das soluções conciliatórias.

O Cejusc-ABC funcionava no Fórum da Zona Sul desde novembro do ano passado. Agora em Santo André, ele conta com seis salas de audiência e recebe os processos de todas as comarcas que compõem a circunscrição (Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá e Ribeirão Pires). Nos cinco primeiros meses de 2018, dentre as audiências realizadas, o percentual de acordo foi de 54%.

O novo centro de conciliações fica no 9º andar do Fórum de Santo André, localizado na Rua Monte Casseros, 159, na região do ABC Paulista. As audiências de conciliação acontecem às terças-feiras, periodicidade que pode ser aumentada em razão das futuras demandas. Para saber mais sobre a conciliação na 2ª Região, clique aqui

Centros de conciliação ao alcance de todos

Com o intuito de colocar o instrumento do acordo à disposição de todos os jurisdicionados, o Regional conta hoje com seis centros de conciliação. Além de Santo André, há Cejuscs em São Paulo (nos Fóruns Ruy Barbosa, da Zona Leste e da Zona Sul), na Baixada Santista (Fórum de Cubatão) e em Guarulhos (Fórum de Guarulhos). Ainda está prevista, para o próximo dia 22/8, a inauguração de um Cejusc em Barueri, na Grande São Paulo.

A região de Guarulhos, que conta com um importante polo industrial e de serviços, recebeu recentemente o seu próprio centro de conciliação. O Cejusc-Guarulhos, inaugurado no último dia 18, começou com o pé direito. Já no primeiro dia de funcionamento, 50% das audiências resultaram em acordos. Confira, na reportagem abaixo, os ganhos para a população local.

Texto: Karina Marsaiolli; Fotos: Allan Lustosa – Secom/TRT-2