Ir para conteúdo principal Ir para o bloco de navegação

CPTM: multa passa a ser de R$ 200 mil por dia em caso de descumprimento de liminar

CPTM: multa passa a ser de R$ 200 mil por dia em caso de descumprimento de liminar

Foi realizada, há pouco, mais uma audiência envolvendo a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM e os sindicatos dos trabalhadores da companhia. 

 

A CPTM apresentou proposta que envolve o reajuste salarial de 3,27%, concessão de 180 dias de licença-maternidade, vale-refeição no valor de R$ 18, compromisso de estudar as distorções do plano de cargos e salários no prazo de 120 dias, além de outros itens requeridos pelos trabalhadores. 

 

A proposta será levada à assembleia que deve ter início até as 17h. As negociações, porém, permanecem, podendo existir nova proposta da CPTM ainda antes de a assembleia ser realizada. 

 

O desembargador Davi Furtado Meirelles, relator do processo, conduziu a audiência e decidiu que a multa, caso a liminar que determina a manutenção de 90% do contingente em horário de pico seja descumprida, seja de R$ 200 mil, por dia. Além disso, caso os trabalhadores permaneçam em greve, o movimento será julgado ainda nesta quinta-feira (02), às 18h, no Ed. Sede do TRT da 2ª Região.

 

Leia a íntegra do termo de audiência